domingo, 3 de abril de 2011

HORIZONTE ÉBRIO

HORIZONTE ÉBRIO

Talvez eu não seja mais quem eu queira
Mas carrego você comigo
Seu calor amigo se transformou em abrigo
Antigamente

Faz tanto tempo
Não faz mais sentido
Nossas mãos apertadas e dadas me disseram:
- Isso tudo um dia estará perdido
Mas não desvie sua estrada do destino

Tarde demais
Tarde demais
Tarde demais

Hoje já não resta
Eu não enxergo
Nada mais me interessa:
A paisagem agora é chuva dispersa
E eu estou tão distante
A paisagem agora é chuva dispersa
E eu estou tão distante

Você olhava nos meus olhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Ou não... Tanto faz.