terça-feira, 18 de janeiro de 2011

O CORAÇÃO DA MÍMICA ( Brincando com Fogo )

O CORAÇÃO DA MÍMICA ( Brincando com Fogo)

Eu estou brincando com fogo
Se ontem meu objetivo era encontrar a masmorra
Hoje é desvendá-la

Meus pés se sobrepõem cautelozamente:
Se a masmorra é bela em sua grandeza
É escondido o desconhecido em sua extensão

O medo e a dúvida fascinam
Suas duras barreiras são paredes que me põe à prova
Ao testar toda coragem e determinação existentes
É como se me dissesse: "Procuras há tanto tempo teus tesouros em mim
Muitos tentaram mas todos falharam
Se mereces tentar
Mostre-me para que veio"

A euforia se estabelece pela chance
Ambos meus pés imploram gigantesco sobressalto
Mas é necessário o controle

O pacto foi investido e aceito:
Viverei o jogo

Manter o sorriso se tornou necessário
Sua figura ameniza o impacto:
Afinal eu estou brincando com fogo
E o fogo só gosta de brincar
Quando alguém pode se machucar

2 comentários:

  1. Oieee, mais um poema sobre a mímica!?
    Gostei ^^

    By the way têm selinhos pra vc no meu blog!!!

    Bjnhussss
    byleona.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Melhor poesia que escreveu hein!!! As metáforas transcendem não só a ilusão do leitor, mas a grande imaginação. Parabéns. Abrax.

    ResponderExcluir

Comente! Ou não... Tanto faz.