segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

POEMA DE MIM ( INDIVÍDUO EM CASCATA )

O "P********" Que se encontra alí é uma alusão ao meu sobrenome. Que eu - pelo menos não pretendo - divulgá-lo aqui tão cedo.

:)

Poema pequenininho e inexpressivo, porém interessante e instigante.

No fim eu quis dizer que eu era nada e hoje sou nada no meio de vários outros nada.

Na verdade, Pseudo-poesia.

É isso:

--

POEMA DE MIM ( INDIVÍDUO EM CASCATA )

Eu era nada e hoje sou
Terráquio
Americano
Brasileiro
Paulista
Sãocarlense
"Delavour"
Lucas

Ponto e pronto
Pronto e ponto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Ou não... Tanto faz.