segunda-feira, 28 de setembro de 2009

NAVEGADOR DE SONHOS

Letra que eu fiz com o Erik, que eu citei logo abaixo.

NAVEGADOR DE SONHOS
(Lucas P. "Delavour"/Erik C. Navarro)

Queria poder acordar todos os dias antes de dormir
Poder me entregar ou te perder
Que seja o que for mais fácil

Um beijo, mil beijos
Eu vejo você correndo à mim
Acasos descalços
Abraços que deveriam ajudar
Um eixo, sem eixos
Me queixo das suas flores jasmim
Espasmos, descasos
Esconda esse seu perfume no olhar

Meus pés tem marcas de sangue rubro
Ou seja lá o que são
Tenho medo de também manchar as minhas mãos

Seu corpo cinza sem expressão ou sofrimento me deixou
Feito um afogado em busca do seu destino
Agora a tempestade já passou e levou a nós dois
Eu não posso navegar em paz

Quando quase acordei o momento sem fim
O dragão em mim se fez camafeu
E a fé, em sí da madrugada, gemeu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Ou não... Tanto faz.